Links Úteis

Câmara Municipal de Macuco Alerj Governo do Estado do Rio de Janeiro Portal do Brasil Nota Fiscal Eletrônica
Portal da Transparência






Macuco ganha serviços do Ministério do Trabalho e Emprego

A Prefeitura de Macuco conquistou mais uma vitória para sua população na semana passada. Em visita oficial à Superintendência Regional do Ministério do Trabalho e Emprego, no Rio de Janeiro, o prefeito Félix Lengruber assinou um Termo de Cooperação Técnica visando garantir o funcionamento do Posto do Ministério do Trabalho e Emprego em Macuco.

 

Segundo o líder macuquense, o objetivo é fazer com que a agência inicie suas atividades o mais breve possível para facilitar a vida dos moradores, que pela ausência de uma filial da instituição federal no município, ainda migravam para cidades vizinhas em busca de atendimento. "Venho buscando garantir esse benefício para nosso povo faz tempo. Com a assinatura desse acordo, nossa comunidade terá mais comodidade e conforto e não precisará mais se locomover para outras localidades para receber atendimento da área trabalhista. Trata-se de uma importante conquista", garantiu Félix.

A assinatura ocorreu no gabinete do superintendente da entidade, Antônio Henrique de Albuquerque, que se mostrou bastante solícito e elogiou o mandatário macuquense pela iniciativa. "O prefeito está dando um passo adiante e trabalhando pela manutenção das garantias trabalhistas dos cidadãos de seu município", disse Albuquerque.

Com a implantação do posto do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), a Prefeitura propiciará aos moradores a utilização de serviços fundamentais, entre eles a emissão de Carteira de Trabalho, já com o modelo informativo. A novidade traz como benefícios ao cidadão a entrega do documento no ato da solicitação e a integração das informações de diversos bancos de dados do Governo Federal.

O novo sistema da CTPS Digital (Carteira de Trabalho e Previdência Social) tem validação nacional dos dados do trabalhador, o que garante mais segurança ao documento e ao trabalhador, que tem todas as suas informações cruzadas e analisadas no ato na solicitação da carteira. O cidadão passa a contar com todas as informações atualizadas e disponíveis no novo documento, o que deve permitir maior agilidade no pagamento de benefícios trabalhistas e previdenciários. Além disso, a mudança também vai combater possíveis tentativas de fraude contra o trabalhador.

Quem já tem o documento não precisa se deslocar às agências para emitir nova carteira, já que a antiga permanece válida. Somente no caso de uma segunda via ou da emissão da primeira via é que ocorre a impressão e validação pelo novo sistema.

Por: Ricardo Vieira

ASCOM Macuco