Secretaria de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Aquicultura

Prefeitura Municipal de Macuco

Secretário: Luiz Felipe de Carvalho Espíndola

Links Úteis

Câmara Municipal de Macuco Alerj Governo do Estado do Rio de Janeiro Portal do Brasil Nota Fiscal Eletrônica
Portal da Transparência





Agricultura macuquense em evidência

 

Apesar de continuarem lutando contra a crise financeira que assola o país e também afeta a economia no campo, pequenos e médios proprietários rurais instalados nos municípios de menor porte do interior fluminense seguem produzindo e para tal têm um forte aliado que atende às demandas na medida do possível e auxilia nos momentos mais adversos: a administração pública.

Em Macuco a história se repete e a Secretaria de Agricultura, liderada pelo vice-prefeito Marcelo Mansur, mantêm sempre uma proximidade com os agricultores das mais diversas culturas para auxiliá-los nas questões práticas e burocráticas do dia a dia, como ocorreu recentemente, quando a gestão atual se empenhou para regularizar o domicílio rural de uma propriedade denominada Fazendinha.

Responsável pela produção e por expressiva colheita anual de caqui, popularmente conhecido na região como 'caqui do meu irmão', a citada propriedade rural está localizada dentro do território macuquense. Todavia, sua situação fundiária ainda era remanescente do município mãe, Cordeiro, do qual Macuco se emancipou em 1996. "Buscamos uma forma de promover a regularização por se tratar de um problema que deveria ser solucionado entre a municipalidade e o produtor", explica Mansur.

Com a regularização devidamente solucionada, pela primeira vez, para efeitos tributários, toda a produção passou a ser declarada como pertencente ao município de Macuco. A Fazendinha, que está localizada à margem da Rodovia RJ-116, nas proximidades do Trevo de São Martinho, produziu somente este ano cerca de 40 mil caixas de caqui, que foram distribuídos e comercializados em todo território nacional.

Ciente de que conquistou mais uma vitória para o município, o vice-prefeito comemora os efeitos da medida. "Como toda produção agrícola dessa propriedade era declarada em Cordeiro, nós estávamos perdendo recursos, porque havia um prejuízo grande quanto ao DECLAN de Macuco (Declaração Anual para o Índice de Participação dos Municípios), pois um dos índices para a distribuição das alíquotas do ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) é exatamente a produção agrícola. A regularização veio para corrigir essas perdas", comemora Marcelo Mansur.

Curso de Tratorista é concluído

Outro benefício ofertado recentemente pela Secretaria de Agricultura de Macuco foi a conclusão do Curso de Tratorista, realizado em parceria com o Sindicato Rural de Trajano de Morais, e cujos alunos receberam aulas teóricas e práticas no Parque de Exposições Edgar Rodrigues Luterbach (Macuco Rural Park). Com a conclusão do curso, os produtores ganham mais um aliado na lida diária de sítios e fazendas.

Por: Ricardo Vieira

ASCOM Macuco