Secretaria de Saúde e Combate às Drogas

Prefeitura Municipal de Macuco

Secretário: Flávio Boaretto Rozado

Links Úteis

Câmara Municipal de Macuco Alerj Governo do Estado do Rio de Janeiro Portal do Brasil Nota Fiscal Eletrônica
Portal da Transparência





Secretaria de Saúde fará Campanha de Multivacinação em Macuco

 

Profissionais de saúde de Macuco intensificam os trabalhos para garantir o início, dia 19 de setembro, próxima segunda-feira, da Campanha Nacional de Multivacinação, visando à atualização da Caderneta de Vacinação da Criança e do Adolescente. O chamado 'Dia D' acontece dia 24 de setembro, sábado, quando as Estratégias de Saúde da Família dos bairros Volta do Umbigo, Reta e Barreira, além do Centro de Saúde, estarão abertas para oferecer a vacinação. Depois disso, a campanha permanece até 30 de setembro, porém, apenas no Centro de Saúde.

A multivacinação será seletiva, ou seja, receberá a vacina crianças e adolescentes com atraso vacinal ou que estejam no momento de receber a vacina. Esse ano, além das crianças menores de cinco anos, também serão alvo desta estratégia as crianças de nove anos e adolescentes de 10 a menores de 15 anos de idade (14 anos 11 meses e 29 dias).

Segundo especialistas, esse último grupo citado acima tem maior resistência a se vacinar, já que muitos pais erroneamente acreditam não haver necessidade de imunizar os filhos nessa faixa etária. Todavia, com a evolução do Calendário Nacional de Vacinação, muitas vacinas necessitam de doses de reforço nessa faixa etária ou passaram a ser incluídas no calendário, como é o caso da vacina HPV para as meninas.

Dessa forma, esta estratégia busca resgatar a população não vacinada ou com esquemas de vacinação incompletos, tanto na infância como na adolescência, visando garantir as melhorias nas coberturas vacinais e assim manter controladas, eliminadas ou erradicadas as doenças imunopreveníveis em todo Brasil.

Tendo em vista a complexidade do atual Calendário Nacional de Vacinação, que dispõe de 14 vacinas para as crianças e cinco para os adolescentes, é fundamental que toda a população alvo compareça aos serviços de saúde levando a Caderneta de Vacinação para que os profissionais de saúde avaliem se há alguma vacina que ainda não foi administrada ou se há doses que necessitam ser aplicadas para completar o esquema vacinal para cada vacina preconizada atualmente pelo Programa Nacional de Imunização (PNI).

"Gostaríamos de alertar aos moradores de Macuco, em particular pais e responsáveis, para a necessidade de procurarem os postos e oferecerem às crianças e adolescentes a imunização. O público alvo poderá receber todas as vacinas que fazem parte do calendário nacional da criança e adolescente e são necessárias para completar ou atualizar a caderneta. Afinal, vacinar é proteger", explica Marlise Cerbino Juliano, coordenadora de Imunização.

Por: Ricardo Vieira

ASCOM Macuco