Secretaria de Saúde e Combate às Drogas

Prefeitura Municipal de Macuco

Secretário: Flávio Boaretto Rozado

 

Links Úteis

Câmara Municipal de Macuco Alerj Governo do Estado do Rio de Janeiro Portal do Brasil Nota Fiscal Eletrônica
Portal da Transparência






Reunião de conselheiros avalia ações de saúde em Macuco

 

Ao final da VIII Reunião Ordinária do Conselho Municipal de Saúde de Macuco, realizada no Centro de Saúde, na quinta-feira passada, 22, os conselheiros presentes demonstraram satisfação com o que acompanharam. Eles obtiveram do atual gestor, secretário Carlos Maturana, a informação de que a prioridade é alcançar o equilíbrio financeiro e fechar a gestão de acordo com as determinações legais vigentes.

Maturana expôs um balanço de 60 dias de sua atuação na Secretaria de Saúde, relembrando ações implantadas, apresentando propostas plausíveis de execução, repassando informações sobre os números do setor e confirmando que sua equipe adotou um estilo técnico e prático, resolvendo pendências e facilitando a vida de usuários. "Enxugamos a máquina administrativa em tempos de crise financeira, mas sem deixar que a qualidade dos atendimentos aos moradores seja afetada", explicou.

O secretário de Saúde citou uma série de medidas que contribuem para sanar as carências, entre elas o bom relacionamento com administrações vizinhas, que vem se convertendo, por exemplo, numa espécie de permuta de exames e consultas com outros municípios. "O objetivo é oferecer atendimento imediato à população macuquense viabilizando serviços dos quais não disponibilizamos e oferecendo aqueles que eles não possuem. Assim, mantemos nossa rotina e regularizamos gradativamente situações como exames de auto custo, consultas especializadas, cirurgias eletivas e outras questões emergenciais que precisam ser tratadas com seriedade", relatou Maturana.

O técnico especializado em finanças, Julio Cesar Sanches, fez explanou sobre a situação encontrada na Secretaria de Saúde, quando questões básicas para o funcionamento administrativo cotidiano foram diretamente afetadas pela queda vertiginosa de repasses e receitas. Com as verbas restritas, questões como aquisição de medicamentos da farmácia básica foram atingidas. "Da lista com 96 medicamentos, nossa farmácia contava com apenas dois, prejudicando a população. Estamos sanando essa carência e colocando novamente todos os itens na prateleira", confirma Julio.

Conselheiros reconheceram que o acerto da situação financeira visando ao fechamento da gestão no final de 2016 é prioridade absoluta da Secretaria de Saúde. Maturana e Julio garantem que o compromisso é total e, para isso, muitas ações, entre elas cancelamento de licitações desnecessárias, estão sendo revistas. "Nosso foco é concluir dezembro com as finanças totalmente sanadas, o que implica também na anulação de processos licitatórios desnecessários, enxugamento de despesas e respostas conclusivas às demandas jurídicas, que ainda são muitas. Contudo, vamos deixar a gestão absolutamente regularizada, de acordo com as determinações legais", garantiu o secretário Carlos Maturana.

Por: Ricardo Vieira

ASCOM Macuco